Segunda-feira, 16 de Dezembro de 2013

Os chochos não chegam para branquear a incompetência

Viram aquele senhor que fazia gestos? Não, não estou a falar do senhor do gangnam style. Falo do tradutor da cerimónia fúnebre de Nelson Mandela. Apesar da gesticulação de ambos querer dizer exactamente a mesma coisa e a sintaxe de ambos os países ser bastante diferente, não há desculpa para tamanha falta de originalidade.

 

E depois, toda a gente fala mal do senhor Thamsanqa Jantjie. Ah, é maluco e já esteve preso e não sei mais o quê, mas ninguém se lembra que o homenageado da cerimónia também já estivera no mesmo papel anos antes, quando afirmava que pretos e brancos deviam tomar café nos mesmos espaços públicos ou dançar um bocadinho de Zulu Isicathamiya. E depois tudo se concretizou. Quem sabe se daqui a 30 anos a língua gestual não passará a chamar-se língua jantjie?

 

Alguém se lembrou de lhe perguntar se ele percebia o significado das palavras que eram ali ditas? Não me refiro ao significado propriamente dito, mas à demagogia que por ali se ia aclamando, com pesares profundos e tristezas extremamente tristes de pessoas que visitavam a áfrica do sul com intuito de ganhar dinheiro.

 

É uma falta de insensibilidade em relação aos vivos que me entristece, embora se compreenda que o morto estava a fazer melhor figura que o intérprete ou o responsável pela sua escolha. Não poderá ele ter pensado que a estrangeirada que lá andava a tirar fotos não percebia nada de nada acerca da tristeza que aquele povo sentia. Tristeza que arrastava consigo ânimo e vontade de fazer mais do mesmo para não desiludir aquele que agora está morto e não pode ser desiludido?

 

Bem sei que este afirmou estar a sofrer ataques de esquizofrenia enquanto fazia a tradução dos discursos para língua gestual e não acho que seja louco por isso, porque de facto havia sempre alguém à direita dele a falar. Com a agravante de cada um dos convidados ter sotaques estranhos e roupas piores do que a das doce na eurovisão, portanto é normal que estivesse a ouvir vozes.

 

O que é feito da vossa sensibilidade literária? Cada um sente e interpreta os factos à sua maneira, uns ouvem piores do que outros e alguns são mais loucos do que outros. É que nem os chochos…

 

Paulo Jorge Rocha

Publicado por Universo de Paralelos às 23:05
Link do post | COMENTAR | Favorito
6 comentários:
De golimix a 16 de Dezembro de 2013 às 23:18
Se calhar era melhor ficar pelos gestos do esquizofrénico do que pelas palavaras proferidas, sem sentimento algum, por alguns loucos à séria! O esquizo tem desculpa, e os outros? Qual é a desculpa?

Ahhh... é o dinheiro e tal. Essa é velha...


De Universo de Paralelos a 19 de Dezembro de 2013 às 03:45
Esquizo é muito bom! ahahah
Mas tens razão, todos falam do esquizo e ninguém fala dos responsáveis. É o que se chama informação enganosa...


De Kok a 17 de Dezembro de 2013 às 14:17
Se há uma (pelo menos uma) associação de surdos-mudos, não seria elementar contactá-los previamente para que indicassem quem está habilitado a traduzir palavras em linguagem gestual?
Mas se calhar pensar nisso dá muito trabalho e é muito mais fácil "apanhar" um qualquer imbecil, não para o efeito desejado, mas unicamente "compor" a fotografia.
Estou a ser injusto? Com certeza pois a esta distância nem imagino o como nem o porquê da situação.
Mas a minha opinião é importante? Nem por isso! É só um desabafo
.
1 abraço!


De Universo de Paralelos a 19 de Dezembro de 2013 às 03:41
Nada injusto na minha opinião. Se é importante ou não não nos cabe dizer, mas todos têm uma opinião e neste caso bem aplicada.


De Lynce a 17 de Dezembro de 2013 às 20:54
Mas agora descobriram que o tal tradutor mais dois compinchas em 2008, queimaram um individuo depois de o terem assaltado...


De Universo de Paralelos a 19 de Dezembro de 2013 às 03:43
Agora é só para vender mais qualquer coisa, pois já não tem directamente a ver com o assunto...


Comentar post

!>Pesquisar neste blog

 

!>Junho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


!>Arquivos

!>Visitas