Segunda-feira, 9 de Setembro de 2013

A Última Ceia

Já tinha saudades vossas. De passar por cá e ver-vos a ler as coisas que aqui estão, enquanto eu vos imagino a espremer os mamilos porque pensam que são pontos negros. Vamos fazer este ritual para matar saudades: Eu grito “Weee! Weee! Piedra Payaso!” e vocês abanam-se como que se estivessem num videoclip da Ana Malhoa. Boa?

 

Como é que foi a vossa última ceia? A minha foi boa. Comi uma travessa. De quê? Comi só a travessa e penso que esse é que foi o problema porque fiquei com a boca toda rebentada por causa dos cacos. Nem quero imaginar mais logo quando for largar isto à casinha. Vou ficar com o rabo que vai parecer estraçalhado por um rottweiler arraçado de dinossauro.

 

A última ceia de Jesus não foi grande coisa. O grande problema é que ele não soube ser anfitrião. Convida doze amigos e dá-lhes vinho (concordo!) e pão. Pão? Foi à padaria e comprou papos-secos para toda a gente. É que nem umas fatias de fiambre, nem um restinho de tulicreme. Assim eu também organizo festas. “Pessoal, não há minis, nem bifanas, mas aproveitem o pão que ainda está quentinho.” Quer dizer, é capaz de morrer por nós, mas não é capaz de fritar umas batatas e fazer uns bifes? Valha-me Deus! Se fosse Jesus a organizar a feijoada na ponte, toda a gente tinha que trazer uma lata de feijão de casa e limpava a boca à manga para poupar.

 

Azar não é ter morrido na cruz, azar é serem treze e nenhum ter o número da telepizza. Se eu fosse convidado e soubesse que era assim, inventava uma desculpa do género “Eu até curtir ir JC, mas tenho que ficar em casa a tomar conta de um ovo cozido.” Pelo menos sei que em casa não passo fome.

 

O homem que transformou água em vinho não é capaz de transformar pão em bacalhau com broa? Isto só pode ser brincadeira! E depois põe-se com aquelas cenas do “Este é o meu corpo que será entregue por vós.” Hum?! Sabe que não aguenta com o vinho, não bebe, porque depois começa a dizer estas coisas e só lhe fica mal.

 

Um último reparo: o fotógrafo da Última Ceia esqueceu-se de levar uma lente melhor para a máquina porque Maria Madalena ficou a parecer um homem.

 

Johnny Almeida

 

Publicado por Universo de Paralelos às 18:57
Link do post | COMENTAR | Favorito
4 comentários:
De jabeiteslp a 11 de Setembro de 2013 às 18:11

Bom humor e do bom...


De Naçao Valente a 11 de Setembro de 2013 às 23:00
Caro Johnny
Se fosse hoje, depois desta lição, seria convidado para organizar a ceia que nunca seria a última, porque quereriam sempre repeti-la. A não ser que que os presentes batessem a bota de tanto rir.


De aespumadosdias a 13 de Setembro de 2013 às 13:24
Naquele tempo havia muita fome.
Actualmente também muita gente só deve ter na mesa pão e vinho, e do mais barato.


De Blogadinha a 13 de Setembro de 2013 às 18:52
Muita sorte a padeira não ser Santa Isabel.

arrochaaaaaaaaa...


Comentar post

!>Pesquisar neste blog

 

!>Junho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


!>Arquivos

!>Visitas