Sábado, 20 de Julho de 2013

O rei do gado

Para mim são duas, se faz favor, fazendo aquele gingar de anca característico de quem está algo impaciente, indo da ponta dos pés ao calcanhar, para trás para a frente. Um fica a cuidar do meu pequenote, normalmente é a Daisy que costuma ficar com ele, e a outra trata do mais crescido. Neste caso não tenho uma escolha específica que prevaleça sobre as outras. Haviam de o ver a falar quando saímos de lá, aliás, até eu gostava de partilhar o que se passara dentro do meu quarto, mas não são conversas para se ter com crianças de cinco ou seis anos. E a Daisy deu-me isto e ensinou-me aquilo. Papá, porque é que não te casas com a Daisy? Perguntas às quais ninguém quer responder. É complicado explicar a uma criança porque é que eu não me caso. Ela tem gostos muito caros, Rafa. Não conseguiria comprar presentes para ela e para ti ao mesmo tempo. Deixas que ela compre presentes para nós, acho que ganha muito dinheiro. Pelo menos, é o que ela me tem dito. Sabes que eu não sou bom nesse tipo de compromissos, por isso é que prefiro não arriscar. Não, por acaso não sei nada disso, mas se tu o dizes. Ok, eu prefiro ter o tempo todo para esta contigo, sem ter de o dividir com mais ninguém, percebes? Yah, assim tens tempo para me ensinar a andar de bicicleta. Naquela que a Daisy me ofereceu, sabes? Coisa que por acaso não consigo, apesar de já ter tentado muitas vezes e tu não estares em nenhuma delas, ou ir à praia comigo ou... Ainda saimos ontem à noite... Sim, papá, fomos a um bar onde só haviam bebâdos e motoqueiros incapazes de levantar sequer o copo para beber o último trago de cerveja.

 

Já te ensinei, para tu veres como tenho contribuído para o teu crescimento enquanto ser humano, que as pessoas não se medem pela quantidade de alcoól que têm no copo. Há outras coisas bem mais importantes, como a quantidade de alcoól no sangue ou a quantidade de vómito à volta dos pés. O que eu quero dizer é que aquilo não é um lugar para uma criança. Quando eu for mais velho terei tempo de sobra para experimentar este tipo de locais decadentes. Por isso mesmo é que eu te vou levar ali ao jardim. Tem um lago com cisnes, sabes? E uma gelataria, e um parque de diversões insuflável. Como aquela com quem estiveste à bocado? Hum... podes escolher os sabores que quiseres, tu é que mandas hoje. De qualquer maneira, já lá fui com a Daisy. Não sei onde é que ela arranja tempo para fazer tudo. Ela está a trabalhar, lembras-te? Tu é que lhe pagas para ela tomar conta de mim. Como já é um hábito, pelo menos ela é capaz de se preocupar em encontrar sítios onde eu me sinta menos disfuncional, já que não tenho conseguido fazê-lo nos últimos sete anos, sete!

 

Ok, aqui está o estacionamento. Vamos de uma vez? Ainda tenho de ir ao summers. Bora. (...) Agora que já comeste o teu gelado, já tagarelaste tudo o que tinhas para tagarelar, eu tenho de ir trabalhar, ganhar dinheiro, sabes, para te comprar coisas. Sendo assim, vou parar de te atazanar o juízo. És um vendido. Pois sou, devias estasr orgulhoso, é a aprincipal lição que posso tirar dos teus ensinamentos, teus e da mãe também. Pronto vai lá ter com ela, que eu não a quero ver. Ainda agora aqui estiveste, precisamente no quarto ao lado onde eu estava com ela. Mas sabes que à uma hora a trás estavamos a negociar, agora encontramo-nos numa situação completamente diferente. E se ainda não tiver arriado? Esperas na sala, onde esperam os outros todos, ou julgas-te diferente dos demais? Ok, ok, já percebi, vou beber um sorvete ao café enquanto espero que ela se lave...

 

Lindo menino, vai lá, vai lá. Espera. Diz, vê lá se paras de dizer que faço o mesmo com o meu intestino ou com o cérebro. Nem esperou que lhe desse uma resposta. Ricardo, a tua mãe disse que já ia sair, está só a terminar um... programa. Sabes... Eu sei que nem todos os clientes são como eu e ela não os pode levar a passear ou corrigir os trabalhos de casa, blábláblábláblá.

 

Paulo Jorge Rocha

Publicado por Universo de Paralelos às 16:32
Link do post | COMENTAR | Favorito

!>Pesquisar neste blog

 

!>Junho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


!>Arquivos

!>Visitas