Segunda-feira, 13 de Fevereiro de 2012

Timóteo

José Mourinho criou o Mundo em seis dias e descansou ao sétimo porque tinha jogo com o Barcelona para a Taça do Rei. Enquanto isso surge no universo, de um fundo escuro, um ser de proporções perfeitas, com um sorriso simétrica que em toda a sua plenitude transmitia conforto e convicção. Meus senhores, apresento-vos Timóteo, ou como é vulgarmente denominado “o rei do gado”, “Zeus das calças de ganga” ou “o homem do pénis de metal”. Tudo por razões diferentes.
A maioria das pessoas consideravam-no um homem perfeito e um modelo a seguir de forma exímia. Quem não achava isso, tinha inveja de tanta perfeição. Sempre de postura séria e misteriosa. A última vez que rira, ainda não tinha nascido.
Timóteo foi sempre protagonista de grandes feitos, apesar de preferir o anonimato. Sei de fonte segura que esteve envolvido na queda do muro de Berlim e descobriu o caminho marítimo para a Índia, sob o pseudónimo de Vasca da Gama. Garanto-vos também que foi ele que descobriu a roda e o fogo, mas desviou-se desde logo do protagonismo. Como se não bastasse este homem nunca limpou o ranho às mangas. Só para perceberem a dimensão deste muy nobre ser.
Percebo a pergunta que vocês me fazem agora “Então Timóteo não bebia, não fumava e não ajudava os velhinhos a atravessar a rua?” Chamem-lhe velhinhos a atravessar a rua, chamem… A verdade é que este grande homem bebia como um marinheiro e mantinha sempre a postura. Fumava cachimbo com os intelectuais e como se não bastasse, envergonhava-os tal era a sua pose imperial e a quantidade de conhecimentos que possuía. Diz-se que foi ele que ensinou o dono da Marlboro a fumar, mas esta história não posso confirmar. E depois, claro, fo… quer dizer, ajudava os velhinhos a atravessar a rua que era uma loucura. Às vezes, ajudava o mesmo velhinho a atravessar seis ou sete vezes seguidas. Óbvio que o idoso ficava zonzo e perguntava a Timóteo se ele tomava viagra. Acho que confundi a metáfora com o que queria metaforizar. Enfim…
Um episódio que recordo com frequência e que agora exponho aqui. Na escola primária, não foi Timoteozinho, como era chamado, que se apaixonou pela professora, mas antes esta que delirava de amor por aquele pequenote. Apercebendo-se da situação, este jovem que já com oito anos sabia bem o que queria, pousou um chupa-chupa na secretária da professora e disse-lhe “Vai treinando para quando me quiseres conhecer melhor.”
Não há doença que lhe pegue. Uma vez agasalhou-se mal e apanhou um bocadinho de SIDA. Não foi ao hospital. Usou um método nigeriano à base de sumos de figo e danças do ventre. Quando viram que estava saudável, os invejosos de todo o mundo - para cima de vinte e cinco milhões de pessoas - juntaram-se para matar Temóteo. Todos morreram às mãos deste valentão. Chamaram a este fenómeno “Peste Negra”.
Infelizmente, “Zeus das calças de ganga” faleceu ao final da sua décima terceira vida a uma sexta-feira treze, engasgado com uma espinha de tubarão, que ele próprio pescara com as mãos. Depois de morto, ainda escreveu um livro de memórias e comprou um mp3, porque se é para estar entre quatro tábuas, ao menos que seja para a ouvir grandes êxitos dos anos oitenta.

 

Johnny Almeida

Publicado por Universo de Paralelos às 18:54
Link do post | COMENTAR | Favorito
3 comentários:
De Regina a 14 de Fevereiro de 2012 às 17:16
És meeesmo estranho , ahah ;D


De Paulo Rocha a 17 de Fevereiro de 2012 às 17:20
Este Timóteo pareceu-me um bocadito um deus, mas deve ter sido só impressão. Então quer dizer que foi ele que também inventou a gravidez enquanto ajudava velhinhas a atravessar a rua?
Não admira que lhe chamassem "o homem da peste negra", é por causa dessa e de outras que agora se vê muita escuridão por ai... lol
Esqueceu-se foi de inventar o contraceptivo mais seguro de sempre... Eu quero ser ocomo ele!


De Ana Fidalgo a 17 de Fevereiro de 2012 às 21:02
Na verdade só conheço Timóteo porque tenho uma passadeira à frente de casa e vivo numa poulação mais ou menos envelhecida! Maroto! mas sim, acho que devias escrevir a sua biografia. seria o primeiro hit da literatura contemporânea!

Cumps, Ana


Comentar post

!>Pesquisar neste blog

 

!>Junho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


!>Arquivos

!>Visitas