Domingo, 5 de Fevereiro de 2012

Não matem o mensageiro

Ultimamente tenho sentido uma raiva enorme apoderar-se do povo português, tanto em jornais, como pessoas com que me cruzo. Raiva essa que tem sido disparada em todas as direcções e não canalizada para onde deve.
Há uns dias o nosso presidente da república proferiu uma infame frase sobre a sua reforma não lhe chegar para as despesas que despoletou uma onda de raiva ainda maior. Eu simplesmente não entendo a razão dessa revolta dirigida ao homem. As palavras magoam, mas vindo duma pessoa cuja idade se assemelha bastante à do meu avô, há que deixar passar. As pessoas que votaram nele já sabiam que não estaria em idade útil para dizer nada de produtivo. O meu avô já fez comentários muito piores mas eu aceitei e até lhe dei razão só porque ele não tinha noção do que estava a dizer e era uma discussão sem sentido. Há pessoas idosas que têm muito conhecimento para nos dar, mas não são todas, nem sempre.
Dito isto, também entendo as palavras do primeiro ministro quando encorajou os portugueses a emigrar. Passo a explicar, os portugueses sempre foram um povo que procurou “lá fora” oportunidades de uma vida melhor. Nos anos de glória portuguesa Vasco da Gama meteu-se numa caravela e ultrapassou o cabo das tormentas para descobrir o caminho marítimo para a Índia, analogia para os “tugas” que todos os anos se metem nos carros e vão por exemplo para a Suiça, um país inóspito, mais frio do que o nosso, onde não têm família, á procura de algo melhor. E acredito piamente que a caravela de Vasco da Gama quando chegou a Portugal tinha a bandeira portuguesa (como os carros tuning dos emigrantes), estava rebaixado (como os carros tuning dos emigrantes) com o peso das especiarias e ele ficou tão feliz por cá estar que foi logo a uma tasca comer um cozido á portuguesa (como os emigrantes). Afinal não é isto o “sonho português”? Ir para o estrangeiro uns anos e vir cá passar umas férias num bom carro (ou mau mas extremamente tuning)?
Para mim se os portugueses têm a coragem necessária para fazer essa viagem em procura de uma vida melhor, têm a crise vencida. É essa a coragem que nos vai ajudar a vencer isto.
Força Portugal.

 

Luís Martins

Publicado por Universo de Paralelos às 21:54
Link do post | Favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



!>Pesquisar neste blog

 

!>Junho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


!>Arquivos

!>Visitas